O congelamento da marcha ou “freezing of gait” é um sintoma comum e incapacitante que ocorre no Parkinson, comprometendo a qualidade de vida dos indivíduos afetados.

O congelamento da marcha é caracterizado clinicamente por episódios repentinos e breves de incapacidade de produzir passos efetivos para a frente que normalmente ocorrem durante o início da marcha ou ao girar durante a caminhada.

Esses bloqueios de marcha são um dos principais fatores de risco para quedas no Parkinson, porque durante a caminhada o tronco continua em movimento enquanto os pés ficam presos.

Esse risco é agravado pelo fato de que o congelamento da marcha frequentemente ocorre associado com problemas de equilíbrio e déficits cognitivos ou ao realizar dupla tarefa.

O tremor da doença de Parkinson é característico. Ele é chamado de tremor de repouso, ou seja, é mais evidente ou exclusivo quando a mão do paciente está parada, seja em repouso quando o paciente está sentado, seja quando ele está em pé com os braços relaxados.

Quando o paciente executa algum movimento, a tendência do tremor é diminuir ou desaparecer.

Além disso, caracteristicamente o tremor é assimétrico, ou seja, é mais evidente em apenas um lado do corpo (geralmente as mãos), e com o passar dos anos pode afetar o outro lado.

Vale lembrar que nem todos os pacientes com doença de Parkinson apresentam tremor.

Em 30% dos pacientes ele está ausente, sendo a lentidão dos movimentos e a rigidez os sintomas mais evidentes.

EnglishPortugueseSpanish
Open chat
Olá. Agende sua consulta na Cukiert!